fbpx Quando agendar consulta com ginecologista? - Sidesc
É bem provável que você já tenha ouvido falar que a ginecologia é uma especialidade da medicina focada na saúde da mulher, mais especificamente no aparelho reprodutor e nas mamas. Mas, você sabe exatamente quando uma mulher deve agendar pela primeira vez uma consulta com ginecologista e, além disso, qual é a regularidade recomendada para consultas e exames? Estar por dentro dessas informações é fundamental para manter a saúde em dia e detectar precocemente qualquer complicação.

 

Primeira consulta com ginecologista

É recomendável que a primeira consulta com ginecologista ocorra assim que a menina tiver a primeira menstruação. Durante essa primeira conversa, o profissional costuma:

 

  • ajudar a entender o próprio corpo e como cuidar dele;
  • explicar o que é corrimento vaginal e o que pode ser um sinal de problema;
  • averiguar se há alguma complicação aparente;
  • responder perguntas envolvendo as mudanças corporais;
  • abordar o assunto relações sexuais e questões preventivas.

 

Curiosidade: existem mulheres que adotam o hábito de consultar com o mesmo ginecologista ao longo de décadas. Isso acontece, principalmente, pelo fato de construir uma relação de confiança, se sentindo mais à vontade durante as consultas.

 

Importância dos exames periódicos

Um dos testes mais conhecidos na área da ginecologia é o exame preventivo do câncer de colo uterino, chamado de Papanicolau. Ele é a principal estratégia utilizada para detectar precocemente alterações nas células do colo do útero, conseguindo obter um diagnóstico da doença antes mesmo da mulher apresentar sintomas, o que aumenta consideravelmente as chances de cura e o melhor tratamento possível.

 

O exame Papanicolau é indolor, simples e rápido. Segundo orientações do Ministério da Saúde, devem se submeter ao teste periódico mulheres que têm entre 25 e 59 anos ou, então, assim que ocorrer a primeira relação sexual. Inicialmente, o exame deve ser feito anualmente. No entanto, caso após dois exames seguidos (com um intervalo de um ano entre eles) o resultado for normal, é suficiente repeti-lo somente a cada três anos.

 

Quando procurar um ginecologista

Além das consultas e exames periódicos, existem várias outras situações em que é bem importante contar com as avaliações e recomendações de um ginecologista, entre elas estão:

 

  • a mulher está a três meses ou mais sem menstruar;
  • a mulher apresenta corrimento vaginal muito amarelado, cinza ou verde ou, então, com cheiro forte;
  • a mulher está com problemas durante o período menstrual, sentindo desconforto, sangramento intenso ou sangramento que dura mais tempo do que o habitual;
  • a menstruação está irregular;
  • a mulher teve relações sexuais sem camisinha e está com atraso menstrual;
  • a mulher detectou caroços ou outro sinal anormal nas mamas.

 

Cada uma das informações acima evidenciam o quanto o ginecologista tem papel importante ao longo da vida das mulheres. Agora que você já sabe das principais informações sobre quando agendar consulta com ginecologista, aproveite para conferir a rede de profissionais credenciados ao Sidesc e, sempre que for preciso, entrar em contato.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *