fbpx Como ensinar higiene bucal para crianças de forma divertida - Sidesc
Se você tem filhos, muito provavelmente já ouviu falar da importância de ensinar sobre higiene bucal para crianças. Mas, se nesse momento você está pensando “sim, já ouvi, só que tem sido um pouco complicado fazer isso”, saiba que você está não está sozinho. Bastam alguns minutos de conversa com alguns pais para perceber que muitos têm dificuldade de incorporar esses hábitos à rotina das crianças, pois há crianças que consideram os cuidados diários com os dentes tarefas ruins.

 

Para te ajudar a tornar esse cenário mais tranquilo, listamos neste artigo alguns pontos sobre o impacto positivo de ensinar higiene bucal para crianças, além de sugestões sobre como tornar o cuidado com os dentes uma tarefa mais divertida para os pequenos.

 

Higiene bucal desde os primeiros meses de vida

É preciso ter em mente que a base para ter dentes permanentes saudáveis começa já nos primeiros anos de vida. Más condutas alimentares e hábitos inadequados ligados à escovação dentária durante os primeiros dois anos de vida costumam gerar cáries nos dentes decíduos, os populares dentes de leite. O grande problema é que as cáries em dentes de leite aumentam o risco de desenvolver o mesmo problema nos dentes permanentes.

 

Embora os dentes permanentes já estejam parcialmente formados em crianças de 0 a 3 anos, a erupção só ocorre mais tarde (a partir dos 6 anos) quando os 32 dentes permanentes (16 na parte superior e 16 na inferior) substituem os 20 dentes de leite. Mantê-los fortes e saudáveis impacta em três principais fatores:

 

  • os dentes de leite são ferramentas essenciais para mastigar e também para aprender a falar;
  • eles ajudam a quebrar a comida em pedaços pequenos, contribuindo para uma digestão eficiente;
  • eles também desempenham um papel vital no alinhamento adequado e no espaçamento para os dentes permanentes.

 

Formas divertidas de ensinar higiene bucal para crianças

Os pais têm papel fundamental para ajudar os filhos a desenvolver uma rotina adequada de higiene bucal. É importante orientar e supervisionar a escovação até os 12 anos aproximadamente, quando as funções motoras e mentais melhoram e facilitam para que a criança estabeleça rotineiramente uma técnica adequada de escovação. Enquanto isso, vale trabalhar a motivação lúdica para estimular a escovação. Abaixo estão algumas inspirações de como fazer isso.

 

Escovar os dentes em família

Não há como negar, as crianças costumam imitar o que os pais fazem. Aproveite isso para mostrar ao seu filho como funciona a sua técnica de escovação. Depois de escovar, passe o fio dental nos dentes e ajude-o a usar também. Para tornar a atividade mais emocionante, cante músicas divertidas durante os processos.

 

Providencie uma escova e um creme dental especial

Outra maneira de manter vivo o interesse pela escovação é adquirindo uma escova de dentes colorida, com personagens de desenho animado e cerdas macias. O creme dental deve ser em uma versão infantil e pode ter sabores especiais, como de morango ou melancia, por exemplo.

 

Dê noção de tempo

Até mesmo alguns adultos têm dificuldade em controlar o tempo de escovação. O ideal é que seja de pelo menos dois minutos, período suficiente para escovar os dentes com calma e atenção. Uma boa estratégia para isso é monitorar o tempo usando uma ampulheta de areia colorida (temporizador) ou, então, com o cronômetro do celular.

 

Crie um sistema de recompensas

Para estimular a criança a escovar os dentes, dê vida a um sistema de recompensas. Vocês podem preparar um cartaz contendo todos os dias do mês e decorá-lo com desenhos envolvendo escovas de dente, frutas, creme dental e outros temas ligados à saúde bucal. Sempre que a criança escovar os dentes receberá um adesivo para colar no cartaz. Se ao fim do mês todas as lacunas de dias estiverem preenchidas, a criança receberá algum prêmio simbólico.

 

Agende consultas periódicas com o dentista

As crianças devem ser acompanhadas por um dentista. Visitas a cada seis meses ajudam a manter o sorriso saudável e são capazes de identificar precocemente qualquer sinal de cárie ou outra complicação. O dentista também é uma grande aliado na missão de explicar à criança sobre a importância de cuidar dos dentes diariamente e quais são as consequências de não fazer isso.

 

E então, você já tinha pensado nessas formas de ensinar higiene bucal para as crianças? Agora é só escolher quais se encaixam melhor com a rotina de vocês e colocá-las em prática. Aproveite também para conferir os dentistas que atendem pelo Cartão Saúde Sidesc em toda Santa Catarina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *